entainpartners

As principais rodovias que atendem a capital e a Grande São Paulo devem receber ao menos 6 milhões de veículos no fim de semana prolongado pelo feriado de Finados, que começa nesta nesta quinta-feira, 2. Há previsão de chuvas durante o período, exigindo mais cuidado dos motoristas.

De acordo com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), as rodovias concedidas esperam 2,5 milhões de carros. O fluxo maior, de 856 mil veículos, será no Sistema Anhanguera-Bandeirantes. Ainda em direção ao interior, o Sistema Castello-Raposo deve receber 635 mil veículos. Já pelo Corredor Ayrton Senna-Carvalho Pinto, principal acesso ao Vale do Paraíba, passam 540 mil carros.

A Castello Branco está com a via marginal sentido interior bloqueada na altura do km 23,5, na região de Barueri. Conforme o gerente de operações da concessionária, Daniel Daneluz, o trecho deve permanecer com obras permanentes até junho de 2024.

“Para seguir viagem, o motorista deve acessar a pista expressa nas saídas localizadas no km 19,7 ou no km 22.” Outras obras de ampliação de faixas na pista da Castello sentido São Paulo não irão interferir no trânsito durante o feriado, segundo ele.

+ Rodízio de veículos em SP: veja como fica no feriado de Finados
+ GP de São Paulo de Fórmula 1: confira os horários e onde assistir

Operação descida

Para o litoral, pelo Sistema Anchieta-Imigrantes, principal acesso à Baixada Santista, a previsão é de 340 mil veículos. A Operação Descida, com 7 faixas no sentido do litoral, pode ser adotada a partir das 16h desta quarta-feira. Já para o Litoral Norte, 197 mil carros circulam pela Rodovia dos Tamoios.

Os motoristas devem estar atentos às condições de tráfego nesta estrada, que pode ter a pista de descida interditada no trecho de serra, em caso de chuva excessiva – 100 milímetros no espaço de 72 horas. Se isso ocorrer, todo o trânsito é direcionado para a pista nova, que passa a funcionar com mão dupla.

As rodovias operadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) recebem 1 milhão de veículos, grande parte em direção às praias. Cerca de 60% desse total vai circular pelas rodovias Padre Manoel da Nóbrega (sentido litoral sul) e Manoel Hyppolito Rego (litoral norte).

As rodovias federais que atendem a Região Metropolitana de Paulo esperam 2,5 milhões de veículos. Só pela Fernão Dias, que liga a capital paulista a Belo Horizonte (MG), passam 1,2 milhão. Outros 800 mil carros pegam a Régis Bittencourt, entre São Paulo e Curitiba, e mais de 500 mil vão usar a Via Dutra para se deslocar entre a capital e o Rio de Janeiro.

Balsa para Ilhabela

Para quem pretende passar o feriadão em Ilhabela, no litoral norte paulista, é importante lembrar que o acesso à ilha é feito por meio de balsa, saindo de São Sebastião. Em condições normais o tempo de travessia é de 20 minutos, com saídas a cada 30 minutos no período diurno e de hora em hora à noite.

Os horários podem variar em função da demanda e das condições meteorológicas. Vento forte, por exemplo, pode restringir a capacidade das balsas e até paralisar o serviço. O usuário deve verificar as condições no site do Departamento Hidroviário (www.dh.sp.gov.br).

Feriado chuvoso

O feriado de Finados será marcado por chuvas no Estado de São Paulo, com possibilidade de ultrapassar 60 milímetros em algumas regiões, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). “A semana começou instável e deve continuar assim. Teremos chuvas em forma de pancadas na região sudeste do Brasil, inclusive São Paulo”, disse o meteorologista Olívio Bahia.

O Centro de Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) considerou alta a possibilidade de ocorrências de chuvas com intensidade de moderada a forte no litoral sul paulista e no Vale do Ribeira no feriado. Entre esta quarta e a quinta-feira, podem ocorrer chuvas mais intensas também na região metropolitana de São Paulo e no Vale do Paraíba.

entainpartners Mapa do site